top of page

Typora – Review

O Typora é um dos melhores editores de texto Markdown off-line que eu conheço. Hoje, vou compartilhar com você a minha opinião à respeito desse incrível editor.   Daniel Freela – Editor do Produtive.Me

Disclaimer:

A minha avaliação do software é com base em meu uso diário.

O contexto é de um uso pessoal, ou seja, não compartilho em equipe os arquivos gerados.

O meu uso é em anotações gerais e para organizar o histórico de análise de situações de problemas no sistema. Gero em torno de 7 arquivos diferentes por dia.

Resumo:

Trata-se de um editor de texto que conta com a estilização de texto ℹ️ Markdown. Além da criação dos textos, você também pode ler arquivos “.md” e não perder o padrão de estilização.

Apesar de ser uma ferramenta cheia de funcionalidades e estável, ele ainda não está em uma versão 1.0, ou seja, trata-se de um Beta. Isso não muda o quão útil a ferramenta é.

Como é meu uso:

Eu trabalho a maior parte do dia analisando problemas de sistema.

Por isso, a documentação dos problemas, bem como, manter o raciocínio lógico dos processos é importante.

Sendo assim, crio um arquivo para cada caso e vou anotando de forma organizada o meu próprio raciocínio e os detalhes que me fizeram chegar a cada conclusão. Isso é importante pois, alguns casos demoram dias para serem resolvidos.

O que me fez utilizar o Typora como ferramenta principal no segmento é a sua capacidade de estilizar o meu texto de forma rápida e simples.

Claro que passamos por uma curva de aprendizado, mas no geral além de utilizar os atalhos inline, ou seja, digitando diretamente no texto, você pode editar através do editor visual.

Recursos:

Abaixo listei os principais ℹ️ features da ferramenta:

  1. Temas: O Typora conta com diversos temas. Você também pode configurar seu próprio tema caso tenha um conhecimento avançado (CSS);

  2. Exportação: Você pode exportar seu arquivo para vários formatos diferentes. Atualmente são eles:

  3. HTML

  4. HTML sem estilo

  5. PDF

  6. DOCX

  7. OpenOffice

  8. Epub

  9. LaTeX

  10. reStructuredText

  11. TexTile

  12. Elementos: Você pode incluir diversos elementos no Typora, alguns exemplos:

  13. Listas

  14. Imagens

  15. Tabelas

  16. Links

  17. Códigos de linguagens de programação

  18. Blocos matemáticos

  19. Check-liste

  20. Leve: Simples e leve.

Disponibilidade:

Esse é um ponto que atenção de você é um usuário hardcore de smartphone e afins.

O Typora está disponível apenas para PC, MAC e Linux. Ou seja, nada de Smartphone, Tabletes ou Web.

Conversei com o Abner, o criador do Typora, e segundo ele, uma versão para Smartphones poderá ser lançada após a versão 1.0 da ferramenta. Ainda, segundo ele, não existe previsão para uma versão Web da ferramenta.

Mesmo não existindo um aplicativo oficial para smartphones, você pode sincronizar as notas do computador com algum editor Markdown mobile.

Quem faz o Typora?

Abner Lee é um desenvolvedor FullStack que criou o Typora. Atualmente ele mora em Xangai.

Período de adaptação:

No meu caso eu consegui me adaptar ao software rapidamente.

Como é um editor de texto, não há segredo.

É uma “tela em branco” e tudo vai depender de como você vai utiliza-lo. É simples assim.

Eu mesmo já apresentei para várias pessoas e uma boa parte delas passou a utilizar diariamente desde então.

Um fato que vale ressaltar é que o Typora não tem um templete. Ele vai aceitar o que você digitar, ou seja, ele te dá opções para que você se organize, mas depende de você, da estrutura que você vai criar e o quanto faz sentido para você.

Novidades:

Você quer receber novidades diretamente no seu e-mail? Então cadastre-se e receba nossas novidades. É grátis!

[mc4wp_form id=”317″]

Outras Opções:

O mercado de editor de texto é bem concorrido, mesmo quando especificamos para editores de texto que trabalhem com Markown. Listei algumas opções, mas temos inúmeras no mercado:

Preço:

Grátis. O Typora é totalmente grátis, ao menos por enquanto.

Ocorre que o editor ainda não foi oficialmente lançado, ou seja, não está na versão 1.0. Quando isso ocorrer, ele será cobrado.

Design:

Simples e limpo.

Acho que isso resume o design do Typora. Ele é tão simples, tão leve, tão limpo que escrever um texto ou organizar as ideias, como é o meu caso, fica até prazeroso.

Você pode configurar o editor para ser simples o suficiente para você focar no texto. Você está vendo o que está digitando e pronto. Eu poderia usar qualquer outro programa de edição, como o Word, por exemplo, mas se você quer só digitar, e quer que esse seja o foco, então utilizar o Markdown é uma ótima experiência.

Também vale destacar, no caso do Typora, que ele conta com a opção de Temas. O tema é sem dúvida um fator que acrescenta a experiência de usuário. Muda-lo implica em várias mudanças visuais sem que o padrão seja alterado.

Abaixo você pode ver o Typora em ação.

Imagens:

Veja algumas imagens do Typora:

Ganho de Produtividade:

Depende de você.

Se você estruturar bem, poderá ter um ganho interessante em organização e produtividade.

Você pode fazer com outros editores de texto se preferir. Pode ser o Word ou o bloco de notas, mas minha experiência com o Typora está sendo muito interessante.

Ele tem me ajudado a organizar as ideias.

Avaliação:

Agora segue nossa avaliação do Typora. Lembre-se, a avaliação feita com foco em um editor de texto Markdown.

Preço:

20 de 20 pontos disponíveis

Disponibilidade:

8 de 20 pontos disponíveis

Design:

8 de 10 pontos disponíveis

Ganho de Produtividade:

10 de 20 pontos possíveis

Recursos:

16 de 20 pontos disponíveis

Empresa:

2 de 10 pontos disponíveis

Nota Final:

0

de 0 a 100

No total o Typora foi avaliado com a nota 64 de 100 pontos. O principal ponto contra é que por ser desenvolvido por um só desenvolvedor, a ferramenta corre alguns riscos a mais.

Ainda assim, vale muito a pena utiliza-la para sua organização.

Conclusão:

O Typora é uma ótima opção se você que trabalhar com textos ou precisa organizar suas ideias. Ele é grátis, simples e leve.

Se você quer uma ferramenta que esteja disponível em múltiplas plataformas, então pode não ser a melhor opção, afinal, você precisará salvar suas notas na nuvem e ter um outro aplicativo para abrir os arquivos .MD no smartphone.

Eu já o uso a mais de um ano e não pretendo deixar de usa-lo, mas verdade seja dita, existem outras opções no mercado também.

Posts Relacionados

Ver tudo

Mais conteúdos...

Aprenda algo novo ainda hoje.

bottom of page