top of page

Coda – Overview

Ao longo do tempo foram surgindo várias e várias ferramentas que tinham como seu principal apelo nos tornar mais e mais produtivos. Cada ferramenta servia para um propósito. Você podia fazer anotações em uma ferramenta, criar tarefas em outras, organizar seus links em outra, organizar suas finanças em tabelas em, adivinhe, outra ferramenta.

O processo de usar várias e várias ferramentas ficou cada vez mais estafante, afinal, o que era para se tornar algo prático se tornou um tormento, uma vez que você precisava atualizar várias e várias ferramentas diferentes para conseguir fazer os registros “conversarem”. Graças a isso, surgiram ferramentas tudo em um, que no geral agregam diversos recursos em um só lugar e cujo o principal objetivo e fazer com que você tenha tudo centralizado, ou seja, resolver várias questões em um só lugar.

Já falamos aqui sobre o Notion mas agora tenho que te falar sobre uma outra opção, o CODA.

Coda:

Como dito, o Coda é um Tudo em Um que conta com vários recursos diferentes para que você possa organizar tudo o que precisa em um só lugar.

Você pode organizar suas anotações, suas tarefas, suas tabelas, imagens e uma infinidade de outras coisas.

O Coda conta com diversos elementos que podem ser incluídos em páginas para que assim você possa montar suas páginas. Vamos falar um pouco mais sobre isso.

Conceito:

O Coda trabalha com o conceito de documentos, sendo que, cada documento pode ter uma infinidade de estruturas e elementos abaixo dele.

Para deixar mais fácil, imagine que você cria um arquivo do Word (são os documentos) e dentro de cada um dos documentos você tem uma estrutura de navegação parecida com pastas de sistemas operacionais.

E sim, o Notion também tem essa mesma estrutura, porém, com algumas diferenças.

No Coda cada uma das páginas que você cria pode conter diversos elementos dentro delas. Isso é ótimo.  Você pode ter páginas com tabelas, imagens, to-do lists, calendários e outras coisas mais. Então, você organiza o seu conteúdo em páginas que por sua vez podem ter vários e vários elementos.

Esse é o Menu do Coda. Cada um dos arquivos é um documento.

Interface:

A interface é simples e clara. Basicamente temos um menu de navegação lateral que é organizado por pastas e páginas, sendo que, dentro de uma pasta você pode ter várias páginas.

Cada uma das páginas contém seu próprio conteúdo, porém, apesar dessa estrutura, alguns elementos podem ser ligados em diversas páginas. Isso eu explico melhor mais abaixo.

Para a inclusão dos elementos, temos um botão vermelho que se destaca e ao seu lado temos também diversos elementos para a edição do texto.

Essa é a barra de tarefas de um Documento do Coda.

Abaixo disso, temos o conteúdo, que pode ser desde um simples texto até mesmo uma grande página com tabelas, imagens, gráficos e afins…

Abaixo da barra, temos o conteúdo que você vai criando.

Elementos:

Agora falando especificamente dos elementos, dentro de uma página você pode ter diversos elementos.

Você pode adiciona-los clicando no botão + (mais) na barra superior, ou então, usar o atalho no Windows “CTRL + /“.

Assim, você verá uma série de elementos que podem ser incluídos:

Você pode adicionar diversos elementos diferentes.

Fora isso, uma das características interessantes desse tipo de ferramenta é que você pode aproveitar um mesmo elementos em várias páginas diferentes. Vamos a um exemplo prático:

Imaginemos que eu tenha criado uma página e que nessa página eu criei uma tabela. O Coda permite que eu crie uma outra página (dentro deste mesmo documento) e que nessa nova página eu use a exata mesma tabela, sendo assim, havendo alteração na tabela em uma página, a outra também será alterada. Simples assim.

Barra lateral do documento. Você pode ter várias "sub-páginas" dentro de um documento.

Automações:

O Coda também conta com um recurso chamado Automação, que permite que você crie regras para automatizar atividades, como por exemplo, você pode configurar que em uma tabela, quando o status de um linha seja “concluído” a ferramenta te envie um e-mail avisando.

O mais importante das automações é que trata-se de um recurso nativo da ferramenta. Isso facilita bastante a configuração do processo.

Você pode configurar automações para seus dados.

Compartilhamento:

Trabalhar em equipe é sem dúvida um recursos que se torna cada vez mais importante em qualquer ferramenta. Recentemente atuei em um projeto em que utilizamos o Coda para organizar uma empresa. Neste projeto, além de mim, outras quatro pessoas usavam o cada sem problemas.

Claro que vale ressaltar que a ferramenta não consegue atender certas necessidades que podemos ver em empresas com um forte nível de governança, afinal, ele tem três níveis de acesso?

Pode ver, Pode editar ou Pode comentar.

Templetes:

Vários modelos.

O Coda já conta com vários modelos diferentes para você se inspirar e não começar do zero. Essa é uma tendencia que estamos vendo cada vez mais por ai. Seja no Evernote no Airtable ou no Notion, cada dia mais as empresas tem focado em trazer modelos prontos com inspirações para incentivar a utilização de suas ferramentas.

Você pode utilizar templetes para inspiração ou para que possa ciar toda uma estrutura rapidamente.

Packs:

É normal que cada ferramenta tenha de seu próprio nome para suas ferramentas. No Trello, por exemplo, são chamados de PowerUps, já no Coda são chamadas de Packs.

Resumidamente, os Packs são integrações com ferramentas de terceiros.

Particularmente eu não acho que é muito útil, ao menos por enquanto. Claro que a ferramenta irá investir em trazer cada vez mais e mais opções.

Os Packs são integrações do Coda com outras ferramentas.

Níveis de permissão:

O Coda foi pensado principalmente como uma ferramenta para equipes.

Essa é sua proposta e pronto.

Quando falamos em equipes é de extrema importância que tenhamos níveis de permissão.

Sendo assim, o Coda tem níveis para Controle Total, Interação e Visualizar somente. Você também pode travar certos elementos de uma página de um documento. Lembrando é claro, que os níveis de permissão são um recurso pago.

Usar em seu site:

A ferramenta também disponibiliza o que chamados de “Embutir” o famoso Embed, ou seja, você pode criar uma espécie de janela para acessar o Coda dentro de outra aplicação. Isso facilita bastante quando você quer utiliza-lo dentro de alguma outra aplicação como um site.

Destaque:

  1. Interface simples: A interface é bem simples. Mesmo estando totalmente em inglês não é complicado entender como é o funcionamento da ferramenta;

  2. Diversos elementos: Ferramentas tudo em um tem como principal característica a possibilidade de serem adaptáveis para diversas finalidades, neste sentido, os elementos fazem toda a diferença. O Coda conta com vários;

  3. Automações: As automações são nativas do sistema e permitem um outro nível de tarefas e alertas. Para um contexto de trabalho em equipe pode fazer muito sentido.

Novidades:

Você quer receber novidades diretamente no seu e-mail? Então cadastre-se e receba nossas novidades. É grátis!

[mc4wp_form id=”317″]

Pode melhorar:

  1. Uso focado em equipes. Se você é um usuário comum não vale a pena;

  2. Tudo em inglês. Pode não ser um problema para você, mas o Coda é totalmente em inglês. Apesar disso, não se preocupe, tudo é bem simples e você não terá grandes dificuldades.

Preço:

O Coda até pouco tempo atrás era totalmente grátis, porém, recentemente (versão 2.0) apresentou seus planos. Então, vamos a eles:

Free:

Como o nome já indica, ele é totalmente grátis. Mas calma, temos limitações importantes. Dentre elas:

  1. Você tem até 50 objetos (elementos) por documento, ou seja, 50 por conjunto de páginas;

  2. Até 35 automações por mês;

  3. Alguns Packs;

  4. Histórico de 7 dias de versão.

Pro:

O plano Pro já conta com mais recursos, vejamos alguns destaques:

  1. Documentos ilimitados;

  2. Até 100 automações por mês;

  3. Mais alguns Packs;

  4. Histórico de 30 dia de versão.

Preço: 12 dólares por Doc Maker, que é quem tem acesso a criar documentos.

Team:

O Team é mais indicado para equipes. Ele conta com a maiorias dos recursos que fazem mais sentidos para ambientes corporativos:

  1. Documentos ilimitados;

  2. Automações ilimitadas;

  3. Todos os Packs;

  4. Proteção de Documentos;

  5. Cross-Doc, que habilita a edição de um trecho de um documento em outro.

Preço: 36 dólares por Doc Maker.

Enterprise:

Também tem um plano personalizado, que tem tudo personalizado, inclusive o preço.

Disponibilidade:

Coda está disponível nos seguintes dispositivos:

  1. Web (Navegador)

  2. Android

  3. IOS

Minha opinião:

Eu usei a ferramenta por bastante tempo enquanto ele ainda estava na versão 1.0.

Agora que está na 2.0 e eles definiram qual é o seu modelo de negócio, não faz mais sentido para mim continuar utilizando a ferramenta.

O Coda tem como principal foco o trabalho em equipe, ou seja, sua utilização foi pensada para um contexto empresarial. Por isso, no meu caso, acho mais viável a utilização do Notion ou até mesmo do Evernote.

Se você tem uma empresa ou um trabalho em equipe, vale a pena começar e testar o plano free.

Posts Relacionados

Ver tudo

コメント


Mais conteúdos...

Aprenda algo novo ainda hoje.

bottom of page