top of page

Bear – Overview

07/09/2019 Atualizamos o conteúdo do Post inserindo novos recursos da ferramenta. × Dismiss this alert.

Se você é do tipo de pessoa que escreve bastante (tipo eu) então o editor de texto que você usa é um assunto importante e que faz a diferença não é mesmo? Afinal, se vamos escrever um texto longo, por que não tornar essa experiência agradável?

Quando eu estava me preparando para criar o Produtive.Me, uma das minhas maiores preocupações é escolher um bom editor de texto que me ajudasse visualmente a produzir meus textos. Eu teste inúmeras opções e cheguei ao veredito. O Bear.

Conceito:

O Bear é um editor de texto que assim como o Typora  trabalha com o padrão ℹ️ Markdown , ou seja, você pode usar alguns atalhos para formatar seu texto. Fora isso, você também pode formatar o texto usando atalhos de teclado ou mesmo botões.

Um dos fatores que me fez escolher pelo editor é a sua interface. Além de simples ela é bem bonita. Ela me ajuda a tirar todas as distrações (principalmente no Modo Foco). Acho que essa simplificada foi o que me chamou bastante atenção. Fora isso, como usuário de Mac e Ipad, ter a sincronização do conteúdo em ambos dispositivos também me ajuda a dar continuidade no conteúdo exatamente da onde parei.

Como funciona:

O conceito é simples.

Criamos notas que vão sendo postas uma abaixo da outra. Dentro de cada nota, podemos colocar o conteúdo que estamos editando. Neste sentido, você pode contar com texto, imagens, links, referencia a outras notas, escrita e outros elementos que juntos compõem uma nota.

Colunas:

A navegação da ferramenta é feita através de 3 colunas que tem funções específicas. São elas:

Interface do Bear - Mac OS

Etiquetas:

Nesta primeira coluna ficam as informações de Tags.

Por ela você consegue acessar rapidamente conteúdos tagueados, que tem como função organizar o seu conteúdo. Aqui também fica um botão que traz todas as configurações da ferramenta.

Primeira Coluna do Bear - Etiquetas - Visão Mac OS

Notas:

Aqui ficam suas notas, uma abaixo da outra. Você pode mudar os filtros para definir o que vem primeiro.

Coluna de conteúdo - Visão MAC OS

Coluna de Conteúdo (Focus Mode):

Na terceira coluna, você tem o conteúdo de cada nota. Também conhecido como Focus Mode (modo foco) é aqui que a magia acontece.

Modo Focus - MAC OS

Tags:

Com o passar do tempo você vai acumulando notas e mais notas ficando cada vez mais complicado encontrar aquela nota que você tanto queria.

Um dos recursos que tem me ajudado neste sentido são as Tags. Elas são bem simples de serem adicionadas. Basta que você coloquem um # seguido de um texto de uma nota para que o Bear entenda que trata-se de um tag.

As tags aparecerão no coluna de Tags.

Exemplo de Tag diretamente no conteúdo - Visão MAC OS

Quando selecionamos uma Tag - Visão MAC OS

Temas:

A editor também conta com temas. Diferente do que ocorre no Typora, mudar o tema por aqui apenas muda drasticamente as cores da ferramenta. Confesso que a combinação de cores é muito bem feita, porém, nada de mais pra ser sincero.

Um ponto que vale a pena destacar é que no plano grátis você tem apenas 3 temas. Hoje o Bear conta com 18 temas. Todos ficam acessíveis no plano Pro.

Um pequeno mimo é que na versão paga, quando você muda a cor do tema, pode configurar para mudar a cor do ícone. É eu sei que parece besteira, mas eu gosto.

To-Do List:

O editor também conta com um To-Do List que personaliza a aparência da Nota, deixando-a com uma pequena barra que indica a porcentagem de conclusão da sua lista.

Exemplo de como fica uma nota que contém o elemento To-Do List - Visão MAC OS

Exportação:

Essa é um ponto importante da ferramenta. Ela permite a exportação do conteúdo para vários formatos diferentes, dentre eles, HTML, Markdown, PDF, DOC e jpeg.

Também é possível, ao menos no IOS, publicar um conteúdo diretamente no WordPress, caso você tenha instalado tanto o Bear quando o WordPress.

Sincronização:

A ferramenta não tem uma sincronização própria na nuvem. Para contornar essa situação o Bear usa o iCloud para fazer a sincronização dos arquivos. Funciona muito bem por sinal.

Web Clipper:

A editor também conta com um web clipper similar ao do Evernote. Em resumo, um web clipper copia o conteúdo da Web para a ferramenta. No caso do Bear, ele transforma o conteúdo da página em um texto limpo.

Link entre notas:

Um outro recurso que se destaca é que eles chamam de Cross-Note Links, na verdade é o link entre as notas, ou seja, dentro de uma nota, você faz referência a outra.

Eu não utilizo tanto, mas de fato ajuda a estruturar o conteúdo quando você faz muitas anotações cruzadas.

Criptografia entre notas:

No Plano PRO você pode criptografar via senha, Face/Touch ID suas notas. Ou seja, mesmo que alguém consiga acessar suas notas ele ainda precisará desbloquear individualmente a Nota, fazendo assim com que você tenha uma camada a mais de segurança em assuntos sigilosos.

Você pode desbloquear via senha, digital ou ainda com o Face ID.

Destaques:

  1. Interface: A interface é limpa e funcional. É ótima para trabalhar com textos simples. Fora isso, o design é bem simples e intuitivo;

  2. Markdown: É sempre bom usar uma ferramenta que trabalha com Markdown. Quando você se habitua se torna um processo natural;

  3. Cross-Note Links: Poder linkar artigos entre si é uma excelente forma de manter a lógica entre os conteúdos. É ótimo para editores;

Faz falta:

  1. Multiplataforma: O Bear poderia ter versões para outros dispositivos fora do ecossistema da Apple. Nem mesmo uma versão web a ferramenta oferece.

  2. Trabalho em equipe: O Bear não conta com a colaboração em equipe. Você trabalha no modo solo.

Disponibilidade:

Ecossistema da Apple, isso é, Mac, IPad e IPhone.

Preço:

O Bear basicamente tem um plano Grátis e outro Pro. O Pro custa R$ 4,50 por mês e adiciona os seguintes recursos:

  1. Sincronização em todos os dispositivos via iCloud

  2. Todos os temas (18);

  3. Mais opções de formatos para você exportar seus textos,

Como eu preciso da sincronização, eu atualmente assino o plano PRO.

Recomendado para:

  1. Quem quer um Editor de Texto focado na edição de texto;

  2. Usuários de dispositivos da Apple.

Por onde começar?

Você tem um dispositivo da Apple? Então vale a pena testar pelo menos a versão gratuita do Bear.

Sua opinião:

O editor de texto que eu uso para escrever os textos do Produtive.Me é o Bear. Tenho certeza que gosta de escrever, essa é uma ótima opção. Mas lembre-se, ele está disponível somente para dispositivos da Apple.

Não esqueça de me contar o que você achou. Sua opinião é muito importante.

Você também pode votar na próxima ferramenta que quer ver por aqui. Conheça nossa página para voto.

Posts Relacionados

Ver tudo

Mais conteúdos...

Aprenda algo novo ainda hoje.

bottom of page